Nova pesquisa
Campo obrigatório.
Campo obrigatório.
idades

Required field and value less than 18

Required field and value less than 18

Required field and value less than 18

idades
Required field and value less than 18
Required field and value less than 18
Required field and value less than 18

idades
Required field and value less than 18
Required field and value less than 18
Required field and value less than 18

idades
Required field and value less than 18
Required field and value less than 18
Required field and value less than 18


Ver outras opções

Hong Kong

Cidade dos Arranha-Céus

Informações


promImage

Para tornar suas viagens mais confortáveis e seguras, a Monark reuniu para você informação sobre os destinos mais populares. Aqui você encontra tudo que precisa saber par apoder desfrutar ao máximo da sua viagem.

A Monark deseja que todos os seus clientes tenham viagens de sonho, que guardem para sempre, e assim, tem o maior prazer em disponibilizar todos os conteúdos que o possam ajudar.

E é por isso que com Monark is always great travel.


Mais informações:

A cidade internacional que começou como um punhado de vilas pesqueiras , se tornou numa famosa colônia britânica e depois retornou pacífica e alegremente à China.

Hong Kong está situada na costa sudeste da China e se espalha sobre os quase 1.100 quilômetros quadrados, incluindo mais de 206 Ilhas Adjacentes. As principais áreas são a Ilha de Hong Kong, a Península de Kowloon e os Novos Territórios.

Maio é o mês de quatro grandes festivais na cidade, entre eles as comemorações do aniversário de Buda e de Tin Hau, a padroeira dos pescadores.

O antigo protetorado herdou dos antigos o gosto pela modernidade. Tudo parece incrivelmente futurista: o skyline da ilha de Hong Kong, é sem dúvida, o melhor exemplo disso. A cidade à noite oferece a mais espetacular paisagem que um turista pode ter. É um festival de luzes coloridas e néons surpreendentes que assumem formas inesperadas.

Quando se trata da séria experiência em compras, Hong Kong tem tudo em abundância. Como porto livre, a cidade não cobra impostos, o que torna tudo muito mais barato. Eletrônicos, roupas de grifes internacionais e materiais esportivos de primeiríssima linha chegam às lojas por preços mais tentadores. A indisputível Capital Culinária da Ásia, surpreende os turistas com seus mais de 9.000 restaurantes que em geral ficam em prédios ou shoppings. O famoso Hutong fica no 28º andar do One Peking Road, edifício todo feito de escritórios e restaurantes, com vista para a Baía de Hong Kong. O bairro de Tsim Sha Tsui, que cerca a Natham Road, em Kowloon, é famoso pela infinidade de restaurantes da cozinha chinesa do Cantão, a mais parecida com a que conhecemos no Brasil.

Há muito o que fazer em Hong Kong. O divertido é navegar entre as centenas de barcos-residência que loteiam a parte da baía. O passeio de sampan - barco à vela conduzido por velhos pescadores - em Aberdeen, dura uns 40 minutos e quase aborda o Jumbo Kingdom, tido como o maior restaurante flutuante do mundo, especializado em frutos do mar fresquíssimos e com capacidade para servir até mil pessoas.

O Pico Victoria, com 552 metros de altitude, é um dos lugares que permitem as melhores vistas da Baía de Hong Kong e, justamente por isso, dispõe de um serviço de transporte especial desde o século 19. Subir com o teleférico, com inclinação de 27 graus, faz uma subida quase vertical que deixa todo mundo com frio na barriga. Lá no alto está o shopping Peak Tower, restaurantes, trilhas, o museu de cera Madame Tussaud. O restaurante Cafe Deco Bar & Grill possui decoração inspirada nos anos 1930 e cardápio com pratos chineses, italianos, tailandeses, indianos e japoneses.

O passeio por Hollywood Road, a Avenida das Estrelas, conhecida por homenagear algumas estrelas na sua calçada da fama, possui uma estátua do Bruce Lee em tamanho real, e também guarda uma atração emocionante: o Templo Man Mo, construído em 1847 para homenagear as deusas da Literatura e da Guerra. Saindo do templo, a escada rolante pública que liga o Soho ao Central, possui quase 800 metros de degraus elétricos, com uma só direção alternada apenas nos horários de pico.

Com dois andares, os bondes são a opção mais barata para se locomover de leste a oeste pela ilha de Hong Kong. Já a rede de metrô MTR e os ônibus são um pouco mais caros. Estes cobrem a ilha e a península de Kowloon onde o hotel Renaissance Kowloon tem quase todos os quartos com vista para o Porto Vitória.



braztoa
embratur
iata
abav

Copyright © 2013 Monark Turismo - Todos os direitos reservados






Aguarde um momento enquanto
efetuamos o seu pedido


Powered by:


A sua sessão expirou


Ok